Odense 2015 – CMGI Dia 4

2015_cmgi_judgeQuarto dia de competições neste CMGI, este domingo foi o último dia de emoções fortes na Dinamarca.
Para os portugueses as competições começaram logo cedo com trampolim individual, escalão 15-16, e duplo-mini, escalão 13-14.

No trampolim individual ambas as equipas, feminina e masculina, estavam completas, havendo portanto 8 portugueses em prova.

As raparigas acertaram todas, com um total de 80 em 80 saltos realizados! Ana Gomes perto da final, Bruna Li a seguir, Mariana Carvalho e por fim Ana Ramos.

2015_cmgi_tcostaInfelizmente nos rapazes a competição não correu da mesma forma, uma vez que o Luís Afonso e o Marco Laginha não completaram as suas séries. O António Carvalho teve uma boa prestação, melhor do que o próprio esperava, segundo ele, mas o grande destaque vai para Tiago Costa que, após realizar duas séries espetaculares, consegue alcançar a final numa das provas mais renhidas, com um brilhante sétimo lugar.

Na final o Tiago cumpriu a sua série classificando-se em oitavo lugar. A competição estava muito forte e só há uma palavra: Parabéns!!

No DMT os portugueses brilham logo no primeiro grupo, quando o Henrique Moreira se mantém em primeiro lugar durante bastante tempo. No final dos grupos Portugal tem dois finalistas, o Henrique e o Gonçalo Martins, e outros dois portugueses, João Félix e Rúben Tavares, à porta.

2015_cmgi_hmoreiraNa final, outra prova de grande nível, o Henrique realizou ambas as séries acabando as provas de consciência tranquila e um sentimento de realização de certeza! O Gonçalo teve uma má recepção na primeira série que o impediu de subir mais na classificação, apesar da excelente segunda série.

As meninas, Ana Oliveira, Sara Guido, Joana Brás e Joana Abrantes, foram igualmente bem sucedidas, com todas as séries realizadas, todas em lugares bastante bons. Estes lugares deram acesso à final à Ana e ao lugar de segunda reserva à Sara.

Outra final muito renhida esta das raparigas, onde a Ana esteve em grande forma, mais uma vez realizando ambas as séries e classificando-se em sétimo lugar.

2015_cmgi_sincroPor último, em trampolim sincronizado os pares lusos em competição cumpriram as séries, tendo o par Miguel Magalhães/ Afonso Fernandes alcançado a final em sétimo lugar e o par João Félix/ Gonçalo Faro ficado em 14º lugar.

Na final o par português aumentou a dificuldade e cumpriu! A competição no entanto estava novamente fortíssima, pelo que o par manteve a classificação.

Chegou ao fim mais um Campeonato do Mundo por Grupos de Idades e agora, para alguns, o próximo objetivo será certamente o Europeu que se aproxima; para outros, o CMGI de 2017!

Parabéns a todos pelos excelentes resultados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *