Odense 2015 – CMGI Dia 3

2015_cmgi_amadoDe manhã se começa o dia e hoje Portugal também começou cedinho, com quatro ginastas, todos eles estreantes no Campeonato do Mundo.
Em DMT feminino, escalão 11-12 anos, apesar do azar logo na primeira série da Beatriz Guerreiro, o resto das portuguesas conseguiu compensar. A Sofia Vala completou ambas as séries, bonitas e ficou de certeza contente com o resultado!
Nesta preliminar grande destaque para a Margarida Amado, jogou com as séries e alcançou um brilhante 5º lugar, apenas superada pelas quatro russas. Para nós passou à final em primeiro!
Para os rapazes a competição não começou bem, com Diogo Ramos a fazer um spotter invertido para a recepção, Miguel Marianito a realizar uma entrada demasiado longa e André Dias ficando muito curto na vela de entrada, não sendo contabilizada a série. João Duarte alegrou esta preliminar ao conseguir ser apurado para a final em oitavo lugar!
Na final feminina a Margarida cumpriu as suas séries, alcançando o oitavo lugar. Fantástico para uma estreia!
O João Duarte foi também certinho nas suas séries e no final de uma competição muito renhida, subiu na classificação para um honroso quarto lugar! Parabéns a ambos, estiveram muito bem!
2015_cmgi_tuNo trampolim individual 15-16 não foi uma manhã tão feliz, uma vez que apenas o Hugo Novais conseguiu terminar as duas séries. O Diogo Cabral, o Afonso Fernandes e o Miguel Magalhães realizaram apenas a primeira série, não conseguindo acabar a segunda.
Nas raparigas, a Catarina Nunes termina a sua prestação neste mundial com uma boa f1 mas um deslize na segunda série que não lhe permite passar do segundo salto.
A Beatriz Peng, apesar da lesão recente e relativamente grave que a impediu de estar na sua melhor forma, foi capaz de completar ambas as séries e sair do recinto com o sorriso a que já nos habituou.
No tumbling o João Saraiva acertou ambas as séries estreando um duplo empranchado a meio, bem sucedido! Na segunda série terminou com full in full Out engrupado com um grande stoy, algo não muito usual no tumbling !
2015_cmgi_trsAs preliminares da parte da tarde foram de trampolim sincronizado no escalão 13-14 anos.
No setor feminino dominaram as Joanas / Sofias. Joana Abrantes e Sofia Guimarães completaram a sua série com boas notas, mas uma série muito simples, já que Joana tem estado a braços com uma lesão nas costas que a tem impedido de treinar – 15º lugar final.
O outro par feminino português, Joana Brás/Sofia Correia, também completou os 10 saltos mas a competição não estava fácil e não foram além do 13º lugar.
No setor masculino as vagas estavam preenchidas pelo que Portugal tinha em competição dois pares: Henrique Moreira/ Lucas Santos e Gonçalo Martins/ Rúben Tavares. Ambos os pares terminaram as séries, no entanto o primeiro par não conseguiu uma boa nota de sincronizado pelo que desceu na classificação. Já o segundo par apostou numa série mais fácil mas suficiente para a final!
A final foi um misto de emoções, uma vez que sendo dos primeiros pares a saltar, foi preciso esperar até ao último momento para saber a classificação. Com uma série espetacular, o par luso garantiu desde o início o primeiro lugar, acabando tal honra por se concretizar, sagrando-se assim Campeão do Mundo!
2015_cmgi_podtrs
Ouviu-se uma vez mais A Portuguesa na Fyn Arena, e o pavilhão vibrou quando os portugueses começaram a cantar e, uma vez mais, não se deixaram intimidar pelo final da música, tendo cantado o hino até ao fim, sobrepondo-se à voz da senhora que falava.
Foi sem dúvida mais um momento de ouro para Portugal e estão todos de parabéns!
2015_cmgi_claque

One thought on “Odense 2015 – CMGI Dia 3

  1. Hebergement web says:

    Fim dos CMGI 2015, so resta a viagem de volta, no que e aproveitado para, acordando cedo e a caminho do aeroporto, dar um passeio por Copenhaga e ficar a conhecer um pouco mais da Dinamarca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *