Remember Baku 2015

2015_baku_sincro5Os 1º Jogos Europeus terminaram, mas a recordação fica. Fazemos um resumo dos principais resultados, de algumas fotos e do que ficou registado nas redes sociais, nos jornais, nas memórias de cada um e nas nossas memórias. Para mais tarde recordar!

2015_baku_sincro6As nossas ginastas Ana Rente e Beatriz Martins terminaram a competição num brilhante 3º lugar final!

Beatriz Martins: (…) para acrescentar, chego ao final desta experiência super motivada para iniciar a próxima época e a preparação para o campeonato do mundo cheia de garra e com novas experiências, novas aprendizagens! Foi uma competição óptima para crescer enquanto ginasta e sei que me trouxe coisas muito boas para o futuro! É claro que acabo com um sentimento agridoce porque apesar de estar muito satisfeita com o resultado a sincronizado, mesmo sabendo que ficamos apenas a 1 décima do segundo lugar, não esqueço que a competição individual não foi ao meu nível é que há muito trabalho ainda pelo caminho!”

O Jornal Record publicou um resultado de Trampolins – pela primeira vez segundo a nossa memória – na capa do seu jornal…e o jogador do Sporting faz questão de dizer que elas é que mereciam o destaque maior!

2015_baku_record

O Jornal A Bola também coloca os Trampolins na primeira página, mas com um destaque menor e sem fotografia. Até o jogador do Benfica fica triste pelo destaque não ser maior!

2015_baku_abola

Na TVI, as nossas meninas ficaram lindas e até o Manuel Luís Gocha usou um blazer mais “normal” porque sabia que seria ofuscado pelas medalhas de bronze!

2015_baku_goucha

A equipa esteve fantástica em todos os aspetos, todos estão com cara de orgulho em representarem as cores nacionais, todos deram o seu melhor e todos estão de parabéns!

Beatriz Martins e Ricardo Santos tiveram a oportunidade de viver uma experiência que pode ser muito importante no futuro; Ana Rente não atingiu o seu objetivo mas estará mais forte no próximo momento; Diogo Ganchinho foi finalista e sabe que tem todas as qualidades para obter um resultado histórico; Carlos Nobre é hoje um treinador ainda mais experiente; Carlos Matias pôde partilhar a sua vasta experiência aos restantes; João Oliveira esteve em destaque no ajuizamento; Luís Nunes viveu este momento histórico do lado da organização; Marc Reis cuidou dos nossos ginastas como poucos o sabem fazer e Mónica Mexia esteve brilhante a permitir que tudo isto acontecesse! Parabéns equipa!

2015_baku_team

No final há sempre tempo para um mini bloopers! O maior “catch” de que há memória!

2015_baku_queda

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *